Câmara aprova aéreas estrangeiras e volta do despacho gratuito de mala

A Câmara aprovou na no fim da noite desta terça-feira (21) a medida provisória que libera 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas no Brasil e a volta do despacho gratuito de bagagem em voos.

Nas linhas domésticas, os passageiros passam a ter direito a despachar uma mala de até 23 kg nas aeronaves acima de 31 assentos sem custo adicional.

Os deputados alegaram que a implementação da cobrança de bagagem não reduziu o preço das passagens aéreas. Essa havia sido a principal justificativa da Anac quando editou a nova resolução que alterou as regras de transporte de bagagem no Brasil.



Fonte: Thiago Fernandes, do UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atualizações

Traduzir