Palmeiras vence Sport na Ilha e fica a 1 ponto da liderança do Campeonato Brasileiro

    © Sport Clube do Recife Marlone conduz a bola durante jogo entre Sport e Palmeiras, pelo Brasileirão


O Palmeiras encostou de vez na briga pelo Campeonato Brasileiro.

Neste domingo, o time comandado por Luiz Felipe Scolari venceu o Sport por 1 a 0, em plena Ilha do Retiro, pela 26ª rodada, e agora está a apenas um ponto de distância do São Paulo, atual líder do torneio.

O gol alviverde, aliás, saiu em uma troca feita por Felipão: aos 35 do segundo tempo, ele colocou o atacante Willian no lugar do volante Jean. Em seu primeiro lance de ataque, o "Bigode" aproveitou rebote de uma defesa espetacular de Magrão e mandou para o fundo das redes.

Com o resultado, o Verdão foi a 50 pontos e se colocou como vice-líder do torneio, a um tento de distância do rival tricolor.

Já o "Leão" segue com apenas 24 pontos, na vice-lanterna e cada vez mais próximo da degola.

Na próxima rodada, o Sport visita o Atlético-MG, no domingo, às 16h (de Brasília).

No mesmo dia, mas às 11h, o Palmeiras recebe o Cruzeiro, no Pacaembu.

O JOGO

O Palmeiras não se intimidou com a torcida do Sport, que encheu a Ilha do Retiro, e partiu para o ataque no início. Aos 5 minutos, Deyverson já teve uma excelente chance ao aparecer livre na área e finalizar de perna direita, mas Magrão fez grande defesa e não deu rebote.

No entanto, o ritmo não se manteve nos minutos seguintes, com os dois times mostrando muita dificuldade nos toques de bola.

Para piorar para os alviverdes, Lucas Lima se machucou após sofrer falta de Marcão e teve que ser substituído por Guerra, aos 27 minutos.

A partida só voltou a ter alguma emoção aos 39 minutos, quando Felipe Melo aproveitou sobra de bola na meia-lua e emendou um belo voleio, mas que saiu por cima da meta rubro-negra.

Na única oportunidade do Sport na primeira etapa, Aos 43, Jaílson saiu jogando errado e entregou a bola no pé de Marlone, que arriscou de longe. O arqueiro palestrino, porém, conseguiu se recuperar bem, voltou para sua meta e agarrou sem problemas.

Na volta do intervalo, o Verdão por pouco não abriu o placar logo no primeiro lance: Thiago Santos cobrou falta rapidamente, Guerra apareceu cara a cara com Magrão e chutou rasteiro, mas o goleiro do "Leão" defendeu com a perna e salvou a pátria.

No lance seguinte, Felipe Melo ganhou bola de cabeça no meio-campo e a redonda acabou sobrando para Deyverson entrar livre na área. Ele driblou Magrão, mas, na hora de finalizar, acabou mandando na lateral da rede, desperdiçando uma chance inacreditável.

E só dava Palmeiras: aos 7, Guerra cruzou da direita e Hyoran emendou bonito de primeira. A bola morreria no fundo das redes, mas Ernando conseguiu bloquear a finalização no meio do caminho e evitou.

Os pernambucanos só conseguiram responder com força aos 22 minutos, quando Neto Moura soltou um foguete de fora da área e exigiu grande defesa de Jaílson em seu canto direito.

Um minuto depois, após duas cobranças de escanteio, a bola ficou pipocando na área e sobrou para finalização de Ernando, que fez belo giro, mas mandou para fora.

Quando parecia que o empate permaneceria, saiu o gol alviverde: após cobrança de escanteio, Gustavo Gómez cabeceou e Magrão fez um milagre inacreditável, à la Gordon Banks. No entanto, Willian, que havia entrado há apenas alguns segundos, apareceu no rebote para conferir.

Aos 42, Marlone teve chance de empatar em cobrança de falta na risca da grande área, mas mandou por cima do gol, sacramentando o resultado na Ilha do Retiro.



FICHA TÉCNICA

SPORT 0 x 1 PALMEIRAS



Local: Ilha do Retiro, no Recife-PE

Data: 23 de setembro de 2018, domingo

Horário: 18h (de Brasília)

Público: 18.681 pagantes

Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr (PR)

Assistentes: Luciano Roggenbaum e Luiz Renesto (ambos PR)

Cartões amarelos: Jair e Ronaldo Alves (SPO); Luan e Felipe Melo (PAL)

GOL

PALMEIRAS: Willian, aos 35 minutos do segundo tempo

SPORT: Magrão; Ernando, Ronaldo Alves (Cláudio Winck), Durval e Sander; Marcão, Jair e Neto Moura (Pardal); Morato (Matheus Peixoto), Marlone e Rogério Técnico: Eduardo Baptista

PALMEIRAS: Jaílson; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luís; Thiago Santos, Felipe Melo, Jean (Willian) e Lucas Lima (Guerra); Hyoran (Dudu) e Deyverson Técnico: Luiz Felipe Scolari






Fonte: ESPN.com.br

Atualizações

Traduzir