LIBERADO ESTACIONAMENTO NAS RUAS PRÓXIMAS AO SHOPPING PATTEO

A Prefeitura de Olinda resolveu atender ao pleito dos moradores do entorno do Shopping Patteo e vai liberar o estacionamento de veículos em algumas ruas da localidade. O anúncio foi feito ontem (11), após audiência pública promovida pela Câmara de Vereadores. Também está garantida a permissão para estacionamento no trecho da Avenida Carlos de Lima Cavalcanti, em frente à padaria Panleila, área onde existe uma igreja e 24 estabelecimentos comerciais.

Os trechos de estacionamentos públicos ficam nas ruas Marcolino Botelho e Eduardo Morais. Além da liberação a prefeitura também trabalha no alargamento de três trechos da rua-jardim Cândido Pessoa e na reversão de sentido de tráfego nas ruas Pereira Simões e Maria Ramos,

“Os resultados apresentados comprovam a eficácia da audiência pública como instrumento de reivindicação, mas ainda existem problemas a se serem solucionados. O principal é a conclusão da pavimentação e drenagem do trecho da Rua Maria Judith Lins, que será fundamental para a liberação do estacionamento da Rua Manoel de Barros Lima,” disse o vereador Jorge Federal, presidente da Câmara.

A audiência pública de ontem (11) foi realizada na Escola Pintor Manoel Bandeira, no Bairro Novo, e contou com as presenças do secretário municipal de Transportes Jonas Ribeiro, dos vereadores Vlademir Labanca e Graça Fonseca, além de mais de 150 moradores. Na ocasião foi entregue às autoridades um abaixo-assinado com 500 assinaturas de clientes, moradores e comerciantes da área para que a o estacionamento em frente à Panleila não fosse proibido.

CELPE - O morador Paulo Albuquerque ressaltou que ainda falta a Celpe remanejar os postes que foram colocados indevidamente na calçadas das ruas Marcolino Botelho e Eduardo Moraes que impedem o tráfego de pessoas no local. O secretário Jonas Ribeiro informou que a prefeitura encaminhou ofício à Celpe neste sentido.

Dona Etelvina Sales, moradora há 53 anos na região, ressaltou também que as ruas que dão acesso ao shopping encontram-se esburacadas e com graves problemas de alagamentos no período de inverno. Já o comerciante Giovani Pazola denunciou que as ruas em volta do shopping estão sendo invadidas por ambulantes, sem nenhum disciplinamento pela Secretaria de Controle Urbano.

Fonte: Observatório de Olinda /Pedro Tinoco


Atualizações

Traduzir