Com gol relâmpago, América-MG bate Sport na estreia do Brasileirão em 3x0

O América-MG teve uma estreia de gala no Campeonato Brasileiro de 2018. Os comandados de Enderson Moreira venceram o Sport por 3 a 0 no estádio Independência e anotaram os primeiros três pontos na competição nacional, enquanto os pernambucanos seguem sem pontuar. Os gols da partida da manhã deste domingo foram marcados por Serginho, duas vezes, incluindo um com menos de um minuto, e Carlinhos.

Na próxima rodada, o Coelho irá visitar o Flamengo no sábado, dia 21 de abril, às 19 horas (de Brasília), no estádio Maracanã. Por sua vez, O Leão da Ilha irá receber o Botafogo na segunda-feira, dia 23 de abril, às 20 horas, na Ilha do Retiro.


Jogadores do América-MG comemorando o primeiro gol da partida 
(Foto: Mourão Panda/América-MG)



O jogo

O jogo mal começou e o América-MG abriu o placar. Após roubada de bola no meio de campio, Luan recebeu pelo lado esquerdo, buscou a linha de fundo e cabeceou. Aylon tocou de cabeça para a primeira trave, Rafael Moura cabeceou para o meio e Serginho completou para o fundo do gol. A partida estava 1 a 0 com menos de um minuto.

Em desvantagem, o Sport passou a ter mais a posse de bola e a pressionar os comandados de Enderson Moreira, que buscavam o contra-ataque. Contudo encontravam dificuldades para passar a defesa adversária.

Aos oito minutos, Aylon arriscou de fora e assustou Agenor. Já aos 11, o goleiro Jory lançou Rafael Moura, que dominou com estilo, mas isolou. A resposta dos visitantes vaio aos 21. Fellipe Bastos arriscou de fora da área e a bola passou perto da trave.

Depois da parada técnica, a equipe mineira ampliou a sua vantagem. Serginho recebeu pelo lado esquerdo, ajeitou e cruzou rasteiro. O goleiro Agenor saiu mal do gol e apenas bateu na bola. Carlinhos pegou o rebote na marca do pênalti e deixou o confronto em 2 a 0 aos 34 minutos.

Não demorou muito para o terceiro gol do América-MG sair. Aos 40, Serginho recebeu passe forte no meio de campo e colocar a bola para frente saiu da marcação e ficou com o campo livre para avançar até a pequena área e bateu cruzado, sem chances para Agenor.

O Sport começou bem a segunda etapa da partida e quase balançou as redes adversárias pela primeira vez aos dois minutos. Marlone arrematou de fora da área e Jory espalmou. Na sobra, Hygor Cruza e Andrigo finalizou à queima-roupa do goleiro do Coelho, que fez mais uma grande defesa.

Os pernambucanos voltaram a assustar aos 16 anos. Andrigo passou pro Gabriel, entrou na grande área e arrematou para fora, mas perto do gol defendido por Jory.

O América-MG chegou bem ao ataque aos 20. Luan tentou cabeçada após de cruzamento de Serginho, mas o atacante errou o alvo. Sete minutos depois, a defesa do Leão da Ilha vacilou, Luan conseguiu entrar na área, entretanto não aproveitou a chance que teve.

Já aos 34 minutos, Marlone mandou uma bomba, forçando Jory a trabalhar. Hygor tentou pegar o rebote e sairia cara a cara com o goleiro, mas estava impedido. Aos 41, Marlone cobrou falta e a bola passou perto da trave direita do gol do Coelho.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 3 X 0 SPORT-PE

Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 15 de abril de 2018, Domingo
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF)
Cartões amarelos: Luan (América-MG) Claudio Winck, Marlone, Léo Ortiz (Sport)
Cartão vermelho: não teve
GOLS: América-MG: Serginho a um minuto e aos 40, e Carlinhos aos 34 do primeiro tempo

AMÉRICA-MG: Jory; Norberto, Messias, Rafael Lima e Carlinhos; Juninho, Christian (Zé Ricardo) e Serginho (Wesley); Aylon, Luan (Gerson Magrão) e Rafael Moura
Técnico: Enderson Moreira:

SPORT: Agenor, Cláudio Winck (Sander), Ernando, Léo Ortiz, Raul Prata; Anselmo, Ferreira (Gabriel) e Fellipe Bastos (Everton Felipe); Andrigo, Marlone e Hygor
Técnico: Nelsinho Baptista



Fonte: Gazeta Esportiva

Atualizações

Traduzir