MPB-4 canta Bosco, Guinga, Ramil, Adnet, Joyce e Fred no disco dos 50 anos

MPB-4 um dos maiores grupos vocais do Brasil completa 50 anos de estrada com muita competência

Com capa que expõe a obra Acrílica sobre vinil, do artista plástico Flávio Rossi, o álbum MPB-4 50 anos - O sonho, a vida, a roda viva! - lançado neste mês de maio de 2016 em edição do selo Sesc - celebra as cinco décadas de vida do grupo fluminense com a gravação de 13 músicas inéditas em disco. Trata-se do primeiro disco gravado em estúdio pelo quarteto com músicas inéditas desde 4 coringas (Barclay / Ariola, 1984), álbum lançado há longos 32 anos. Primeiro disco gravado pelo MPB-4 após a saída de cena de Magro Waghabi (1943 - 2012), MPB-4 50 anos - O sonho, a vida, a roda viva! interrompe sucessão de registros de shows e deprojetos temáticos gravados com repertório já pré-existente. Produzido por dois dos quatro integrantes da atual formação do grupo, Miltinho e Paulo Malaguti Pauleira, sob a direção musical de Gilson Peranzzetta, arranjador do álbum, MPB-4 50 anos - O sonho, a vida, a roda viva! foi gravado de 5 de outubro a 17 de dezembro no estúdio Tenda da Raposa, na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Miltinho e Malaguti se revezaram na criação dos arranjos vocais das 13 músicas - função até então desempenhada por Magro no grupo atualmente formado por Aquiles, Dalmo Castelo (convidado em 2004 a ocupar o lugar do dissidente Ruy Faria), Miltinho e Paulo Malaguti Pauleira (substituto de Magro). O inédito repertório do álbum MPB-4 50 anos - O sonho, a vida, a roda viva! alinha músicas de compositores como João Bosco (Desossado, parceria com o filho Francisco Bosco), Guinga (Brasileia, parceria com Thiago Amud), Celso Viáfora (Ateu é tu, parceria com Rafael Altério) e os irmãos Vitor Ramil (Filigrama) e Kledir Ramil e Kleiton Ramil (A ilha). Eis, na ordem do disco, as 13 músicas, os compositores e os arranjadores vocais do álbum MPB-4 50 anos - O sonho, a vida, a roda viva!, cuja edição em CD apresenta, no encarte, texto escrito por Aquiles Reis para Magro:


1. Milagres (Breno Ruiz e Paulo César Pinheiro) - arranjo vocal de Paulo Malaguti Pauleira
2. Maxixe (Fred Martins e Alexandre Lemos) - arranjo vocal de Paulo Malaguti Pauleira
3. Trança de cipó (Renato Rocha) - arranjo vocal de Paulo Malaguti Pauleira
4. Harmonia (Miltinho, Sirlan e Paulo César Pinheiro) - arranjo vocal de Miltinho
5. Filigrama (Vitor Ramil) - arranjo vocal de Miltinho
6. Ateu é tu (Rafael Altério e Celso Viáfora) - arranjo vocal de Paulo Malaguti Pauleira
7. A ilha (Kleiton Ramil e Kledir Ramil) - arranjo vocal de Miltinho
8. Brasileia (Guinga e Aldir Blanc) - arranjo vocal de Paulo Malaguti Pauleira
9. Desossado (João Bosco e Francisco Bosco) - arranjo vocal de Paulo Malaguti Pauleira
10. Valsa do baque virado (Mario Adnet e João Cavalcanti) - arranjo vocal de Miltinho
11. A pipa e o tempo (Dalmo Medeiros e Cacau Castro) - arranjo vocal de Miltinho
12. Jornal de ontem (Joyce Moreno e Sérgio Santos) - arranjo vocal de Miltinho
13. A voz na distância (Paulo Malaguti Pauleira) - arranjo vocal de Paulo Malaguti Pauleira




Notas Musicais

Atualizações

Traduzir