Prefeitura promove cortes de R$ 190 milhões

Tentando economizar do jeito que pode, a Prefeitura do Recife anunciou ontem um pacote de medidas para conter despesas. A gestão municipal espera economizar R$ 190 milhões.

Prevendo perdas de R$ 290 milhões na receita para investimentos, em reunião com todo o secretariado, o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), anunciou que 300 cargos comissionados serão extintos. Além disso, os gastos com publicidade vão ser cortados pela metade e haverá ainda redução de 189 veículos na frota.

Segundo o secretário de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, as ações foram tomadas para que serviços essenciais pudessem ser mantidos. "Todas essas medidas são para garantir que todo o pagamento do funcionalismo seja preservado no calendário previsto, inclusive o 13º salário", disse.

Vivendo um cenário de crise, a prefeitura informou que medidas para renegociação de contratos, patrocínios privados e reembolsos já vem sendo feitas para atrair mais recursos.

Somando os dois primeiros anos da gestão do prefeito Geraldo Julio (PSB) - 2013 e 2014 -, a capital pernambucana investiu R$ 1 bilhão, mas para 2015 as projeções são bem mais moderadas. A previsão é que a gestão municipal invista R$ 400 milhões.



Destak 

Atualizações

Traduzir