Presente em três fonogramas, Maria Bethânia domina coletânea 'Acordes do Brasil'

Com ritmo desacelerado de lançamentos de CDs, a gravadora Biscoito Fino aposta cada vez mais em coletâneas com participações de grandes nomes da MPB.



Na sequência de Olivia Hime & amigos, compilação de duetos da cantora carioca com ícones da MPB, a companhia põe no mercado fonográfico neste mês de julho de 2015, em edição física em CD e em simultâneo formato digital, a inédita coletâneaAcordes do Brasil (capa vista à esquerda). Com 12 fonogramas selecionados no acervo da Biscoito Fino, a coletânea é dominada por Maria Bethânia (em foto de Gringo Gardia). A cantora baiana está presente em três das 12 gravações. Bethânia é ouvida nas músicas Vive(Djavan, 2012), São João, Xangô menino (Caetano Veloso e Gilberto Gil, 1976) e em Fogueira (Angela RoRo, 1983), esta ouvida em dueto recente com a compositora da música, gravado para os extras de DVD lançado em 2013 pela Biscoito Fino. Eis, na ordem do CD, os 12 fonogramas reunidos pela gravadora na compilação Acordes do Brasil:

UMA SENHORA COLETÂNEA

1. Vive (Djavan, 2012) - Maria Bethânia (com participação de Djavan)
2. Reza (Rita Lee e Roberto de Carvalho, 2012) - Rita Lee
3. Maracanã (Francis Hime e Paulo César Pinheiro, 1993) - Francis Hime
4. Que nem mandacaru (Moraes Moreira, 2012) - Moraes Moreira
5. São João, Xangô menino (Caetano Veloso e Gilberto Gil, 1976) - Maria Bethânia
6. João nos tribunais (Tom Zé, 2009) - Tom Zé
7. Medo de amar (Vinicius de Moraes, 1958) - Miúcha (com participação de Chico Buarque)
8. Modinha (Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes) - Antonio Carlos Jobim
9. Maravilha (Francis Hime e Chico Buarque, 1977) - Simone
10. Sinhá (João Bosco e Chico Buarque, 2011) - Chico Buarque
11. Molhado de suor (Alceu Valença, 1974) - Alceu Valença
12. Fogueira (Angela RoRo, 1983) - Angela RoRo (com participação de Maria Bethânia) 



Notas Musicais



Atualizações

Traduzir