Foguete perdido da Rússia irá cair na Terra em duas semanas

O foguete espacial de suprimentos Progress 59 não chegará à Estação Espacial Internacional (ISS). A expectativa, nesse momento, é que dentro de aproximadamente duas semanas o foguete entre na atmosfera terrestre e caia em nosso planeta.

© Divulgação/Nasa Progress 47 ao lado da ISS: Progress 59 perdeu comunicação e não irá chegar à ISS

A Progress 59 foi lançada pela Rússia na semana passada. Sua função era de reabastecer a ISS com suprimentos. Logo após o lançamento, no entanto, a aeronave sofreu uma pane e não respondeu mais às ordens enviadas da Terra.

A Progress 59 é uma nave não tripulada. A principal hipótese para o problema é que suas antenas de navegação tenham sofrido problemas.

Um vídeo liberado na semana passada mostra que a aeronave está em órbita no espaço. A Nasa já anunciou que uma aproximação do foguete à Estação Espacial Internacional não irá acontecer, já que o foguete ainda não responde a comandos enviados.

A informação de que a aeronave deve cair na Terra foi divulgada pela própria Nasa. A questão é que objetos em órbita são puxados aos poucos em direção ao nosso planeta.

Sem um sistema de propulsão para a correção da posição, o objeto é puxado até entrar na atmosfera terrestre. Depois disso, cai em nosso planeta.

As estimativas são que a aeronave entre na atmosfera dentro de duas semanas. Mas isso não é motivo de preocupações. O foguete é desenhado para queimar e se desfazer enquanto cai dentro da atmosfera.

Enquanto isso, a Nasa e a Força Aérea dos Estados Unidos ficarão de olho na Progress e sua descida à Terra.



Fonte: Exame.com/Victor Caputo






Atualizações

Traduzir