PT teme que punição da Lava Jato casse ou "inviabilize" registro da legenda

PT teme que as investigações acabem o funcionamento do partido

Imagem/divulgação

A cúpula do PT teme que as ações dos investigadores da Operação Lava Jato acabem por “inviabilizar” o funcionamento do partido e até por levar à cassação do registro da legenda.

Dirigentes da sigla disseram, antes da prisão do tesoureiro Vaccari Neto, de terem sido informados por pessoas que acompanham os desdobramentos da operação de que o partido deve sofrer sanções financeiras para ressarcir os cofres públicos pela corrupção no esquema da Petrobras.

Desde então, o PT se prepara para uma multa de “valores astronômicos” a ser estipulada pelas instâncias judiciais. Ainda segundo a Folha, o valor da multa esperado pelo PT deve corresponder ao valor que o ex-gerente da estatal, Pedro Barusco, revelou em delação premiada serem propinas pagas ao PT e ao próprio João Vaccari. A estimativa de Barusco é de que a legenda tenha recebido entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões entre 2003 e 2013 de propina retirada dos 90 maiores contratos da Petrobras.



Fonte:Tribuna da Bahia

Atualizações

Traduzir