Homem mais alto do Brasil, com 2,26 m, encontra o amor em uma mulher 1 metro menor que ele

Joelison Fernandes da Silva, de 28 anos, é o homem mais alto do Brasil.


Conhecido como “gigante gentil”, ele desenvolveu o gigantismo quando criança e passou metade de sua vida envergonhado de sua condição. Porém, hoje ele se sente bem com sua condição e conseguiu encontrar o amor.

“Quando ele era bebezinho, eu já achava alguma coisa diferente em seus pés. Já eram maiores”, relatou sua mãe, Ivanilda.

Apesar de sua estatura imponente, ele sempre foi intimidado na escola, até a adolescência, e teve de abandonar os estudos. As crianças não “perdoavam” o fato dele ser o mais alto e faziam muitas “brincadeiras desagradáveis”. Após esse período, ele tornou-se quase um recluso da sociedade, principalmente pelo fato dos olhares das pessoas. “Eu me sentia diferente. Eu via que era fora do normal”, diz ele.

No entanto, aos 21 anos, Joelison passou por uma cirurgia para retirar um tumor benigno em sua glândula pituitária (hipófise), o que controlou seu crescimento e deu-lhe mais autoconfiança.

Ele acabou se tornando uma celebridade na Paraíba, onde reside, e começou a atrair admiradores, inclusive Evem Medeiros, de 21 anos, por quem ele acabou se apaixonando. E o sentimento foi recíproco.

"O dia em que a vi eu acho que foi amor à primeira vista”, disse Joelison. Embora ela seja quase um metro menor do que seu parceiro, eles dizem que o tamanho não é obstáculo para o relacionamento.

Talvez o choque tenha sido maior para o pai de Evem, que ao ver o rapaz pela primeira vez, ficou surpreso. “Meu pai me disse: ‘filha, eu te disse para conseguir um homem, um grande homem. Você exagerou’”, relatou Evem.

Apenas um ano depois eles se casaram e agora estão tentando ter um filho. A informação fez com que perguntas mais indiscretas de cunho sexual fossem feitas, mas Joelison levou tudo na esportiva e respondeu de forma bem humorada: “O tamanho dos pés é propaganda enganosa”.




Fonte:Jornal Ciência

Atualizações

Traduzir