Explosão Hoje em mina na Ucrânia soterra dezenas e mata 32 trabalhadores

É possível que até 70 mineiros estejam presos no túnel.
Causa da explosão ainda não é conhecida, mas autoridade descarta ataque

Familiares esperam informações sobre mineiros soterrados. (Foto: Baz Ratner / Reuters)

Uma explosão soterrou dezenas de trabalhadores em uma mina de carvão na região de Donetsk, no leste da Ucrânia, nesta quarta-feira (4), matando ao menos 32 deles, informou o presidente do Parlamento ucraniano, Vladímir Groysman.

De acordo com as agências, equipes de resgate ainda não conseguiram chegar ao fundo do túnel afetado, porque elas esperam pela dispersão de possíveis gases venenosos.

"Uma terrível tragédia aconteceu na mina de Zasiadko. Há vítimas, atualmente 32", declarou Groysman, que pediu aos deputados um minuto de silêncio.

O balanço foi confirmado à AFP pelo sindicato dos mineiros de Donbass, bacia de mineração do leste da Ucrânia, onde uma guerra entre as forças ucranianas e os separatistas pró-Rússia provocou mais de 6.000 mortes em 10 meses.

As autoridades separatistas anunciaram uma morte e um líder sindical informaram que 47 mineiros estavam desaparecidos.

"No momento da explosão, 207 mineiros estavam no fundo da mina, 53 deles na área afetada. Cinco mineiros com queimaduras graves saíram do local", disse à AFP o presidente do Sindicato Independente de Mineiros, Mikhailo Volynets.

De acordo com o ministério de Situações de Emergência, um mineiro morreu e 14 ficaram feridos. Setenta trabalhadores estavam no fundo da mina no momento do acidente.

Não há ainda informações sobre a causa da explosão. Autoridades não confirmaram que explosão é resultado de ataque de artilharia.




Fonte: G1




Atualizações

Traduzir