CARUARU: Últimos dias da exposição Linguagem do Agreste, de Joaz Silva, no Museu do Barro

Através de pinturas, Joaz Silva retrata cotidiano do povo caruaruense

O Museu do Barro de Caruaru (MUBAC) se despede neste próximo sábado (31) da exposição Linguagem do Agreste, do artista plástico caruaruense Joaz Silva. A mostra, que conta com o apoio da Fundarpe, apresenta 20 quadros inéditos do estilo impressionista. A entrada no MUBAC custa R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia).

Através dos quadros, os visitantes poderão contemplar como foi a famosa Feira de Caruaru, a Catedral da cidade, a lida do homem no Campo, assim como a musicalidade caruaruense e os costumes, entre outras referências ao Agreste de Pernambuco. “O trabalho de Joaz Silva tem um valor simbólico muito forte pro povo de Caruaru. Nos 20 quadros do artista o público poderá identificar diversos costumes da nossa região”, explica Amélia Campello, gestora do Museu do Barro.

SOBRE O ARTISTA – Joaz Silva, de 52 anos, começou a trabalhar com artes plásticas na década de 90. Respeitado em todo o Estado, Joaz é reconhecido pela grande sensibilidade e talento, além de usar a criatividade para realizar suas obras esculturais e de pintura, e dar aulas em sua galeria.

MUSEU DO BARRO - Um dos museus mais visitados de Pernambuco, o Museu do Barro de Caruaru está instalado num prédio moderno, localizado ao lado do Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, onde todos os anos concentram-se as comemorações do São João do município. O MUBAC destaca em suas coleções os principais polos de cerâmica popular da região, enfatizando sua preservação e promoção.

Serviço
Encerramento da exposição Linguagem do Agreste, de Joaz Silva
Sábado (31)
Visitação: terça a sábado, das 8h às 17h; Domingos, das 9h às 13h
Museu do Barro de Caruaru (Praça Cel. José de Vasconcelos, 100, Centro – Caruaru)
R$ 2,00 (inteira) e R$ 1,00 (meia)
(81) 3727 7839


Fonte: Portal Cultura PE

Atualizações

Traduzir