A fruta que mata as células cancerígenas

A Guanábana ou Graviola é um produto milagroso para matar as células cancerosas. É 10.000 vezes mais potente que a quimioterapia. Por que não sabemos disto? Porque existem organizações interessadas em encontrar uma versão sintética, que lhes permita obter fabulosas utilidades. 

 Assim que de agora em diante você poderá ajudar a um amigo(a) que necessite, fazendo-lhe saber que lhe convém beber suco de Graviola para prevenir a doença. Seu sabor é agradável. E não produz os horríveis efeitos da quimioterapia. 

Se tem a possibilidade de fazer, plante uma árvore de Graviola em seu quintal. 
Todas suas partes são úteis. 

A próxima vez que você quiser tomar um suco, peça de graviola. 

Quantas pessoas morrem enquanto este segredo tem sido absurdamente guardado para não por em riscos as utilidades multi-milhonarias e vergonhosas de grandes corporações?
Como você bem sabe, uma árvore não ocupa muito espaço, além de ser útil. 
É conhecida pelo nome de Graviola no Brasil, guanábana nos países Hispano americanos e“Soursop” em Inglês. A fruta é muito grande e sua polpa branca, doce, come-se diretamente ou se a emprega normalmente, para elaborar bebidas, sorvetes, doces, etc. 

O interesse desta planta deve-se a seus fortes efeitos anti cancerígenos. Ainda lhe atribuem muitas mais propriedades, o mais interessante dela é o efeito que produz sobre os tumores ... Esta planta é um remédio contra o câncer provado, para o câncer de qualquer tipo. Há quem afirme que é de grande utilidade em todas as variantes do câncer.

Considera-se, além do mais, como um agente anti-microbiótico de largo espectro contra as infecções bacterianas e fungos; é eficaz contra os parasitas intestinais de maneira geral, regulariza a pressão arterial alta e é antidepressiva, combate a tensão, etc. 

A fonte desta informação é fascinante: vem de um dos maiores fabricantes de medicamentos do mundo, que afirma que, depois de mais de 20 provas de laboratório, realizadas a partir de 1970 os extratos revelaram que: 
destrói as células malignas em 12 tipos distintos de câncer, incluindo o de cólon, de mama, de próstata, de pulmão e do pâncreas… 

Os compostos desta árvore demostraram atuar 10.000 vezes melhor, retardando o crescimento das células de câncer que o produto Adriamycin, uma droga quimioterapêutica, normalmente usada no mundo. 
Entretanto, o que é mais assombroso: este tipo de terapia, com o extrato de Graviola, destrói somente as células malignas do câncer e não afeta as células sãs. 


Fonte: Instituto de Ciências da Saúde , L.L.C. 819 N. Charles Street, Baltimore, MD 1201 

Atualizações

Traduzir