Raríssimo: Cão encontrado é considerado o caso mais grave de alergia a humanos!


O cão foi resgatado, recentemente, e diagnosticado com uma doença bizarra: Ele é alérgico a seres humanos!

Durante vários meses, o cão que se chama Adam, sofria com queda inexplicável de pelos e uma grave inflamação na pele. Seu corpo ficava completamente empolado e careca, com várias feridas. Devido a agonia, ele mordia e arranhava seu próprio corpo.

Robin Herman foi a responsável pelo resgate e tentou de tudo para salvá-lo em excelentes clínicas veterinárias, mas ficou perplexa quando um possível diagnóstico inconclusivo foi emitido pelo Lucky Dog Retreat. Os especialistas simplesmente não tinham a menor ideia do que estava acontecendo.

“Nós damos a ele a melhor comida possível. Ele não tinha pulgas e tomava banhos duas vezes por semana com veterinários”, disse Robin. Apesar de ter melhorado levemente, sua condição na pele não melhorava, mesmo com medicações específicas.

Vários exames de sangue foram feitos e os veterinários ficaram chocados quando chegaram a um resultado plausível: Adam é alérgico a humanos.

De acordo com especialistas, do mesmo modo que pessoas podem ser alérgicas a cães, eles também podem ser alérgicos a nós.

Após inúmeras investigações, determinou-se que Adam possui uma infecção específica provocada por alergia ao pelo humano, além de minúsculas partículas que lançamos constantemente de nossa pele e couro cabeludo.

O cão é tão intolerante que sua pele estava constantemente inflamada. Sua agonia era tão excruciante que ele mordia e arranhava seu próprio corpo em busca de alívio.

Após semanas sem saber o que fazer, Robin decidiu levar o cão para realizar um tratamento utilizando proteínas do próprio alérgeno para ensinar, lentamente, o sistema imunológico do corpo do cão a tolerar o contato com os humanos.

Robin ainda disse que o tratamento será longo e não tem nenhuma intenção de desistir de ajudar Adam: “Ele é inteligente, aprende rápido, reconhece e entende comandos, é um grande cão. Não é culpa dele. 

Nós levantamos dinheiro suficiente para tratá-lo e o veterinário acredita que possamos corrigir o problema”, finalizou.



Fonte: JC/Arbroath
Foto: Reprodução / Luckydog Retiro Resgate via Facebook

Atualizações

Traduzir