João Donato Lança CDs ao vivo em dois volumes intitulado 'Live jazz in Rio'


A serem completados em 17 de agosto de 2014, os 80 anos do compositor e pianista João Donato vão ser comemorados com o lançamento - ainda nesta segunda quinzena de julho - de dois discos complementares. Trata-se dos dois volumes de Live jazz in Rio, álbum ao vivo desmembrado em dois CDs comercializados de forma avulsa pelo selo carioca Discobertas. Ambos registram números do show captado em 4 de dezembro de 2013 em apresentação do artista acriano na extinta casa carioca Studio RJ, no Rio de Janeiro (RJ). 

A novidade é a iniciativa - do produtor Marcelo Fróes, diretor do selo Discobertas - de comercializar os discos em distintas plataformas de venda. O volume 1, subintitulado O couro tá comendo (capa no alto), vai ser vendido de forma convencional, nas lojas físicas e virtuais. Já o volume 2, O bicho tá pegando (capa acima), vai ser vendido somente nos shows do artista. 

O projeto gráfico da designer Bady Cartier realça a irmandade dos discos nas capas - que expõem fotos de Cristina Granato - e nos encartes dos discos. 

No primeiro volume de Live jazz in Rio, Donato toca tema do pianista norte-americano de jazz Horace Silver, Song for my father (1965), entre sucessos autorais como Até quem sabe (João Donato, Lysias Ênio e Mercedes Chies, 1973), Emoriô (João Donato e Gilberto Gil, 1975), Gaiolas abertas (João Donato e Martinho da Vila, 1982) e Nasci para bailar (João Donato e Paulo André Barata, 1982). 

No volume 2, Donato apresenta parcerias inéditas com Gabriel Moura (Menino do cabelão), Nelson Motta (Bolero digital) e Paulo Moura (1932 - 2010) (Na Barão de Mesquita, tema composto nos anos 1950 - e nunca gravado em disco). Live jazz in Rio sai via Acre Musical / Discobertas.


Fonte: N. Musicais

Atualizações

Traduzir