Empresário Moisés Limeira, dono da Banda Noda de Caju agride equipe de imprensa em Arcoverde


O empresário Moisés Limeira, proprietário da Banda Noda de Caju, perdeu a cabeça, hoje (02/07) na Delegacia Regional de Arcoverde enquanto à equipe da Tv Jornal e do Jornal Portal do Sertão faziam a cobertura da prisão do seu irmão Daniel Pires Limeira, acusado de matar o empresário Marcelo Svolinski de 33 anos, proprietário da Tabacaria Sadiiq, morto a tiros no estacionamento de um restaurante no último dia (12/06). Uma vaga no estacionamento teria sido o motivo de tamanha violência. Segundo informações da Delegacia de Arcoverde, o suspeito estava em um apartamento de propriedade de um ex-vereador de Arcoverde, em Maceió-AL.

Com a confusão formada, sobrou para o cinegrafista da Tv Jornal, empresa do Grupo JCPM, que estava trabalhando e cobrindo à prisão. Após Moisés Limeira gritar e mandar desligar a câmera com palavras de baixo calão, o cinegrafista e o fotografo do Jornal Portal do Sertão Émerson Thiago, foram agredidos pelo empresário da Banda Noda de Caju, onde ele teve a sua câmera abaixada à força. Nada justifica tal violência, contra a imprensa ela só está fazendo o seu papel de informar os fatos e acontecimentos de nossa cidade e região. Vale relembrar que os profissionais estavam filmando a chegada do acusado Daniel Pires Limeira que estava foragido.

Fonte: Jornal Portal do Sertão

Atualizações

Traduzir