Manifestantes fazem protesto contra a Copa no Centro de Porto Alegre


Em Porto Alegre Protesto contra a realização da Copa do Mundo no Brasil. Os manifestantes iniciaram a concentração em frente à prefeitura e se deslocaram por ruas do Centro e seguiram em direção ao local da Fan Fest, no Anfiteatro Pôr do Sol. Bancos e lojas foram depedradas no trajeto. Contêineres de lixo foram queimados. Placas e propagandas alusivas ao Mundial foram derrubadas no chamado Caminho do Gol, na Avenida Borges de Medeiros. Por volta das 16h, a Brigada Militar jogou bombas de efeito moral para dispersar a multidão.

A concentração dos manifestantes começou na Praça Montevidéu, em frente à Prefeitura de Porto Alegre, por volta das 12h desta quinta-feira (12), data do início da Copa do Mundo. Às 14h, o grupo iniciou o protesto pela Avenida Júlio de Castilhos e entrou na Rua Dr. Flores, onde quebrou a loja do McDonald's. Funcionários das lojas da região fecharam as portas com medo.

Já nas avenidas Salgado Filho e Borges de Medeiros, vândalos quebraram agências bancárias da Caixa Econômica Federal, do Santander, Itaú e Banrisul. Houve princípio de confronto com a tropa de choque do Batalhão de Operações Especiais (BOE) no Largo Zumbi dos Palmares, conhecida como Epatur, no Bairro Cidade Baixa, onde está localizada a sede da Secretaria Municipal de Turismo.

Fonte: G1

Atualizações

Traduzir