CAOS INSTALADO NAS AGÊNCIAS DO SANTANDER NO INTERIOR DE PE.


Visitas de dirigentes comprovam situação precária provocada pela falta de funcionários.

Agências lotadas e com apenas um caixa, algumas sem gerente-geral ou gerente de atendimento, e ainda sem estagiários ou menores aprendizes no autoatendimento. Essa também é a situação das unidades do Santander localizadas no interior de Pernambuco.

Na base do SEEB Garanhuns e Região, depois do fechamento de duas agencia, Lajedo e Águas belas, e suscetíveis demissões, o clima é de incerteza entre os bancários do Santander.

A falta de funcionários tem provocado o caos nas agências. São bancários sobrecarregados e correntistas e usuários passando muito tempo nas filas dos caixas.

Em Bom Conselho a situação é ainda mais precária os bancários não têm tempo de almoçar, nem de ir ao banheiro. Como se não bastasse, a agência está atualmente sem gerente, e ninguém para ajudar as pessoas nos caixas eletrônicos.

O Sindicato enviou uma carta à Federação e a Confederação dos Bancários, cobrando medidas enérgicas junto à diretoria do banco.

De março de 2013 a março de 2014, o banco espanhol eliminou 4.833 postos de trabalho no país. Foram 970 apenas nos primeiros três meses deste ano.


Texto: Juliana Dias

Atualizações

Traduzir