Livro mais caro do mundo foi vendido por mais de R$ 32,6 milhões

Foto: Reprodução / The Australian
O raríssimo Bay Psalm Book foi o primeiro livro escrito e impresso no que é o atual Estados Unidos.

Ele foi leiloado pela famosa casa de leilão Sotheby. O valor ultrapassou os R$ 28 milhões de reais e foi comprado pelo filantropo David Rubenstein. Ele arrematou uma das 11 cópias que sobreviveram a diversos problemas de armazenamento durante séculos.

Ele tem planos de compartilhar o livro com o público americano, disponibilizando-o para bibliotecas de todo o país antes de fixá-lo como mostruário.

O livro é uma tradução dos salmos bíblicos feita pelos puritanos. Isso foi uma importante ação realizada pelos serviços da Igreja na época: “É muito importante porque é o início da civilização ocidental em nosso país”, comentou David Redden, vice-presidente da casa de leilões.

Atualmente, apenas 11 exemplares existem. Na época, mais de 1.700 unidades foram impressas, mas quase todas foram destruídas ao longo dos anos. Os livros restantes estão expostos em locais como Harvard, Yale, Oxford e bibliotecas públicas.


Fonte: CNN

Atualizações

Traduzir