Professor universitário é preso por usar caneta espiã para filmar calcinhas de alunas

Um professor da Flórida, EUA, está sendo acusado de algo absurdo.

Segundo os relatos, Don A. Samuelson, professor de medicina veterinária da Universidade da Flórida, foi preso por supostamente estar usando uma caneta com câmera secreta para gravar imagens sensuais dos estudantes no campus.

De acordo com o boletim de ocorrência, Samuelson, de 65 anos, usou este dispositivo de ‘espionagem’ entre os meses de abril e agosto para filmar imagens dos seios e das coxas das alunas, de acordo com relatórios divulgados no portal Gainesville.

Em 30 de agosto uma de suas alunas percebeu que Samuelson estava tentando filmar embaixo de sua saia.

Os policiais disseram que a caneta tem um pen-drive portátil com várias imagens de outras mulheres que trabalham em seu laboratório, bem como em reuniões em seu escritório.

O professor admitiu ser o dono da caneta, mas insistiu em dizer que a usava apenas para ter certeza que as mulheres estavam usando calcinhas (pois para ele, se não estivesse usando, seria algo arbitrário), de acordo com seu depoimento na delegacia.


Fonte: Jornal da Ciencia

Atualizações

Traduzir