Sandro elogia postura do Santa Cruz em amistoso e exige pegada na Série C

O amistoso com o Nacional da Ilha da Madeira fechou a semana de treinamento que o Santa Cruz fez em Maceió. O período foi o primeiro contato do técnico Sandro Barbosa com o grupo de jogadores. A vitória por 2 a 0 na partida amistosa deixou o treinador bastante satisfeito, principalmente, por se tratar de um começo de trabalho.

Sandro deixou claro que procurou mexer o mínimo possível na equipe. Manteve a armação tática utilizada nas finais do Pernambucano, com dois meias e dois atacantes, substituindo apenas as peças com as quais não pôde contar. Leandro Souza entrou na vaga de William Alves, Tozo na de Anderson Pedra, Everton Sena na de Tiago Costa, Júnior Xuxa na de Renatinho e André Dias na de Dênis Marques.

A obediência tática da equipe titular, que atuou apenas no primeiro tempo, foi elogiada por Sandro, que viu um time seguro em campo. “Fiquei muito satisfeito. Foi uma vitória segura, com os titulares jogando conscientes taticamente. Não mudei nada na equipe. Fiz apenas alguns ajustes, o que é normal. Pedi mais pegada, que é o meu estilo, e eles deram isso dentro de campo”, elogiou o treinador.

A expectativa, agora, é para a estreia na Série C, domingo, às 18h30, no Arruda, contra a Luverdense. Sandro já tem em mente a postura que vai exigir da equipe. “Quero definir o mais rápido possível e evitar deixar o que aconteceu no ano passado, quando tivemos que ir para o desesperado, precisando ganhar na última rodada. Cada jogo é uma final. É dessa maneira como eu jogava e é o que eu vou exigir deles”, afirmou o técnico.


Fonte: Super Esporte

Atualizações

Traduzir