Galope a Beira Mar




És vate gigante de verso fecundo,
Que canta e encanta com propriedade;
Que fala dos sonhos e da liberdade;
Que vaga fremente nas curvas do mundo.
Com rimas suaves e saber profundo,
Palestras com o dia, com a noite e o luar;
Com sabedoria, consegues falar
do nosso querido torrão sertanejo,
Com muitas saudades e muito desejo,
De ver as paisagens daquele lugar!


Marcos Passos 




Atualizações

Traduzir