Petrobras: sem decisão sobre preço da gasolina

A Petrobras não tem prazo, nem decisão tomada, sobre qualquer mudança na precificação de combustíveis, disse ontem o presidente da estatal, Pedro Parente, rebatendo uma reportagem do jornal "O Globo"que afirmava que a empresa faria uma redução no preço da gasolina até o fim do ano.

O executivo afirmou que a política de preços em avaliação pela companhia pode levar tanto ao aumento quanto à redução dos valores praticados.

"Não há decisão tomada. Nós estamos definindo qual será nossa política (de preços), mas essa política tem sim como base a paridade internacional e que toda empresa tem que ter a sua margem", explicou em um evento com empresários, no Rio de Janeiro.

De acordo com Parente, a política de preços terá que considerar vários fatores, como a necessidade de geração de receitas, margem, participação de mercado. "É a combinação desses fatores que instrumentaliza ou forma um processo de definição", disse.




Destak Jornal

Atualizações

Traduzir