Paulo vence debate e mostra porque é o mais preparado para governar Pernambuco

Em debate promovido em Caruaru pela Rádio Jornal, nesta quinta-feira (4), o candidato da Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), voltou a mostrar porque é o mais capacitado para governar Pernambuco e aquele que vai honrar o legado do ex-governador Eduardo Campos. "Eu ajudei Eduardo a mudar Pernambuco, a implantar o modelo de Governo que Pernambuco aprovou, premiado até pela ONU. Como secretário da Fazenda, administrei um orçamento anual de R$ 28 bilhões. Essa experiência de gestão pública, de tirar as ações do papel, que o candidato da oposição não possui, me preparou para assumir essa missão", afirmou o socialista.

Mas não apenas a experiência comprovada como gestor e servidor público são os atributos que Paulo levará para o Governo, a partir de 2015, mas também a sua capacidade de liderança política, que o levou a reunir, mesmo sendo esta a primeira eleição que disputa, uma aliança formada por 21 partidos. "Liderança não se herda. Vem da capacidade de unir, de gerir ouvindo, planejando e executando. Fiz isso como secretário de Eduardo. Aprendi com ele. Eu não represento uma ambição pessoal de poder, mas um projeto político que vem mudando a vida dos pernambucanos desde 2007, fui escolhido e ratificado pela maior aliança já reunida em torno de um candidato a governador", pontuou o socialista, lembrando que o time que o apoia é o mesmo que sempre esteve com o ex-governador.

Paulo voltou a ressaltar as propostas que vão dar continuidade ao Governo da Frente Popular, avançando ainda mais. Entre os pontos destacados, a garantia de que todo aluno da rede pública que quiser estudar em uma Escola em Tempo Integral terá direito a uma vaga, e a parceria com os municípios, para que cada um deles tenha um estabelecimento do tipo, para o ensino básico. Na Saúde, destacou a humanização do atendimento, o fortalecimento da rede de média e alta capacidade, a integração das informações dos pacientes, a realização de exames e consultas itinerantes (com o programa O Doutor Chegou), entre outros.

O candidato fez uma avaliação positiva de sua atuação no debate e não teve receio de afirmar que se saiu melhor que os adversários. "Vencemos o debate, porque temos as melhores propostas, o melhor time, a experiência necessária para dar continuidade ao trabalho de Eduardo e avançar ainda mais. Pernambuco ainda precisa que muito seja feito, e nós vamos fazer, porque, além do muito que já realizamos, preparamos o Estado, nos últimos sete anos e meio, para se desenvolver ainda mais, com equilíbrio e com prioridade para os que mais precisam", previu Paulo Câmara.

PESQUISA - Paulo Câmara também comentou os resultados das mais recentes pesquisas de intenção de voto, que mostram o crescimento vertiginoso de sua candidatura. "Sempre disse que, com o início do guia eleitoral, quando as pessoas passassem a nos conhecer, nossas propostas, as pessoas que nos apoiam, íamos crescer. A pesquisa reflete um momento, e o momento agora indica que estamos vencendo o desconhecimento. A tendência é de uma grande vitória, minha e de Fernando Bezerra Coelho (PSB/candidato O Senado), no dia 5 de outubro", avaliou o socialista.


Assessoria de Imprensa do PSB

Atualizações

Traduzir