Bolsa sobe pelo 6º dia e encosta em 59 mil pontos, maior nível em 18 meses

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta pela sexta sessão seguida nesta quinta-feira (21), com valorização de 0,19%, a 58.992,11 pontos. Apenas nas seis últimas sessões, a Bolsa acumulou ganhos de mais de 6%. 

Com a alta desta quinta, a Bolsa atingiu o maior valor de fechamento em mais de dezoito meses, desde 5 de fevereiro de 2013, quando encerrou a 59.444,97 pontos.

A Bovespa teve uma sessão instável. A Bolsa tem sido influenciada por notícias sobre a disputa pela Presidência. O dia, no entanto, foi de poucos acontecimentos importantes para o mercado de ações.

O bom desempenho dos bancos Bradesco, Itaú Unibanco e Banco do Brasil influenciou a alta da Bolsa. Os bancos têm grande peso sobre o Ibovespa. O Bradesco (BBDC4) subiu 1,33%, a R$ 38,20. O Itaú Unibanco (ITUB4) avançou 0,58%, a R$ 37,91. As ações do Banco do Brasil (BBAS3) ganharam 0,33%, a R$ 30,37. 

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em alta de 0,23%, cotado a R$ 2,268 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia subido 0,57%.



Fonte: UOL

Atualizações

Traduzir